A Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial – ABPEE foi criada em 1993, na cidade do Rio de Janeiro, durante a realização do III Seminário de Educação. Um grupo de pesquisadores (sócio fundadores) preocupados em criar um espaço que visava servir como veículo para integração entre pesquisadores, profissionais e professores das áreas de Educação, Educação Especial e Saúde lançaram, em 1992, a Revista Brasileira de Educação Especial. Para garantir a manutenção da revista, foi criada, um ano depois, a ABPEE.

A Revista Brasileira de Educação Especial passou a ser o carro-chefe da ABPEE e propõe dar suporte ao intercâmbio técnico-científico em Educação Especial e áreas afins. Publica artigos originais, principalmente de pesquisa, porém, abrindo espaço para ensaios, artigos de revisão e resenhas.

A partir de 2017, a sede da ABPEE estará localizada na cidade de Bauru, na Unesp, Bauru, São Paulo.

A homepage da ABPEE conta com todos os artigos completos on line, desde 1992.

A partir de 2005, a revista foi avaliada e incorporada ao SciELO, que apresenta os números mais recentes da revista: www.scielo.br/rbee

A Revista Brasileira de Educação Especial está avaliada e classificada na Qualis A2 , pela Capes área de Educação e A1 na área de Ensino.

A Revista está indexada na BBE-Inep; Edubase (Unicamp); Piscodoc (Espanha – Madrid); na Clase (México); Lilac's e educ@