Leitura, ditado e manipulação fonêmica em função de variáveis psicolingüísticas em escolares de terceira a quinta série com dificuldades de aprendizagem

Effects of Psycholinguistic Variables im Portuguese on Reading, Dictation Taking and Phonemic Manipulation Skills of Third to Fifth Graders With Learning Difficulties

Fernando C. Capovilla
Alessandra G. S. Capovilla

RESUMO: Foram analisados os efeitos de características psicolingüísticas (lexicalidade, regularidade e freqüência) e de nível de escolaridade (terceira a quinta série) sobre a leitura, ditado e manipulação fonêmica em quinze escolares com dificuldades de aprendizagem. Leitura e especialmente ditado foram fortemente afetados pela lexicalidade, freqüência, regularidade e série (nesta ordem). Em manipulação fonêmica, a de segmentos mediais foi a mais lenta e difícil; e a de iniciais foi mais fácil que a de finais. Quando se partia de palavras reais, era mais fácil manipular os segmentos iniciais; e quando chegava a reais, os finais. Partindo de reais a pseudo-palavras, foi mais fácil deletar que adicionar segmentos. Escores nas provas de leitura, ditado e manipulação foram relacionados: houve intercorrelações significantes positivas entre os escores nelas, e negativas entre eles e os tempos de execução nas tarefas.

Fim do Texto

Clique aqui para voltar para a página anterior