Sexualidade e os portadores de deficiência mental

Sexuality and the mental retardaded

Hugues Costa de FRANÇA RIBEIRO

RESUMO: O artigo apresenta uma reflexão sobre a questão da sexualidade em portadores de deficiência mental. Discorre sobre as dificuldades para que se possa aceitar o exercício da vida afetivo-sexual para esta população. Enfatiza a necessidade da oferta da educação/orientação sexual e destaca alguns pontos que podem dificultar tanto a aceitação da manifestações da sexualidade, quanto alguns entraves para que se possa colocar em prática programas de orientação sexual para portadores de deficiência mental. São investigados e discutidos dentro desta proposta: os mitos em relação a sexualidade, o desenvolvimento e a trajetória no terreno da sexualidade, a masturbação e a vida afetivo-sexual entre essas pessoas, questões críticas relacionadas à implantação de programas de orientação sexual, as conseqüências da aceitação ou repressão das manifestações da sexualidade sobre a vida e o ajustamento social e pessoal, além da apresentação de algumas sugestões para favorecer o aprendizado de comportamentos na área da sexualidade humana.

PALAVRAS-CHAVE: Deficiência mental; sexualidade; orientação sexual.

Fim do Texto

Clique aqui para voltar para a página anterior