A CLASSE HOSPITALAR E A INCLUSÃO DA CRIANÇA ENFERMA NA SALA DE AULA REGULAR

THE HOSPITAL CLASS AND THE INCLUSION OF THE SICK CHILD IN THE REGULAR CLASS

Rejane de Souza FONTES

RESUMO: O estudo buscou implantar uma Classe Hospitalar na Enfermaria Pediátrica do Hospital Universitário Antônio Pedro, objetivando verificar a incidência de portadores de necessidades educativas especiais (NEE), levantar a demanda escolar das crianças internadas e realizar o seu acompanhamento psicopedagógico. A metodologia utilizada foi a Pesquisa em Ação. Constatou-se que havia um número reduzido de portadores de deficiência, mas que as crianças e adolescentes internados apresentavam necessidades educativas especiais, ou seja, atrasos escolares devido à perda de conteúdos e afastamentos da escola e do convívio social, motivados pelas internações. Através da aplicação das idéias de Piaget, Freinet e Wallon, buscou-se atender à demanda física, cognitiva, afetiva, social e educacional da clientela infanto-juvenil ali internada e refletir acerca de sua (re)inclusão na sala de aula regular.

PALAVRAS-CHAVE: Educação especial; classe hospitalar; inclusão; cidadania.

Fim do Texto

Clique aqui para voltar para a página anterior